Indalécio da Costa

Voluntário

*08/01/1908 +15/08/1932

Nascido em Tietê/SP atuava como corretor de café na cidade de Santos quando eclodiu a Revolução Constitucionalista de 1932. Alistou-se como voluntário em 20 de julho, sendo incorporado a 2ª Cia do 4º RI de Quitaúna no interior de São Paulo.

Enviado para a frente de combate da Zona Sul, morreu durante batalha de trincheiras no dia 15/08/1932. Seu corpo foi enterrado no próprio local e mais tarde trasladado para sua terra natal. Indalécio era filho de Luiz da Costa e Francisca da Costa deixou os irmãos: Maria da Costa Busmara, Agostinho da Costa e Luiz da Costa Jr.

Fontes: Livro “Cruzes Paulistas” editado em 1936 com dados compilados por Oswaldo Bretas Soares, e colaboração da Associação dos Combatentes de 1932 – Santos, fundada em 27/06/1958 e considerada de utilidade pública – Lei nº 2867/64