Antonio Damin

Voluntário 1932

*02/01/1901 +12/09/1932

Nascido em Santos/SP atuava como comerciante quando eclodiu o movimento constitucionalista de 1932. Alistou-se como voluntário e foi incorporado ao 7º Batalhão de Caçadores da Reserva da Força Pública de São Paulo. Ferido em combate na Frente Sul, foi removido para tratamento em Itapetininga.

Faleceu vítima de um acidente com seu fuzil metralhadora enquanto aguardava atendimento. Seu corpo foi transferido para Santos e foi enterrado no Cemitério do Paquetá.

Filho de João Damin e Maria de Jesus, era casado com Thereza Damin, com quem tinha um filho, Nelson, com apenas 10 anos de idade. No dia 22/12/1950, através da Lei nº 1.172, a prefeitura de Santos batizou uma das ruas da Ponta da Praia com o nome do herói santista, morto em combate.

Fontes: Livros“Cruzes Paulistas” editado em 1936 com dados compilados por Oswaldo Bretas Soares, ” Veja Santos ” de Olao Rodrigues e colaboração da Associação dos Combatentes de 1932 – Santos, fundada em 27/06/1958 e considerada de utilidade pública – Lei nº 2867/64