Amadeu dos Santos

Voluntário 1932

* 09/08/1900 + 31/08/1933

Nascido em Santos/SP quando eclodiu a Revolução Constitucionalista de 1932 alistou-se como voluntário na Falange Acadêmica de Santos, sendo incorporado ao 8º Batalhão de Caçadores da Reserva da Força Pública de São Paulo. Atuando como motorista de caminhão, sofreu ataque aéreo e foi metralhado pelos aviões inimigos.

Ferido na explosão de uma bomba, foi internando em Mogy das Cruzes. Transferido para Santos, veio a falecer em 31 de agosto de 1933, vitima das sequelas do ferimento.Filho de Luiz dos Santos e Florinda Cardoso dos Santos, teve seu corpo enterrado no Cemitério da Filosofia no Saboó, em Santos.

Fontes: Livro “Cruzes Paulistas” editado em 1936 com dados compilados por Oswaldo Bretas Soares, e colaboração da Associação dos Combatentes de 1932 de Santos, fundada em 27/06/1958 e considerada de utilidade pública – Lei nº 2867/64